Compras Verdes

O problema

Os estabelecimentos de saúde compram milhares de produtos distintos que requerem dezenas de diferentes serviços. Muitas vezes sem sabê-lo, os hospitais podem comprar artigos que venham a ser tóxicos para o pessoal ou os pacientes, ou que provoquem grave impacto sobre o meio ambiente. O sistema de compras que prioriza o meio ambiente, busca identificar e evitar esses problemas.

Desde eliminar materiais de embalagem desnecessários até procurar alternativas que substituam substâncias tóxicas, como os produtos que contenham mercúrio, a decisão de compra pode desempenhar um papel fundamental para promover uma assistência à saúde sem dano.

Em geral, os produtos que priorizam o meio ambiente:

  • São menos tóxicos
  • São minimamente contaminantes
  • Fazem um uso mais eficiente da energia
  • São mais seguros e saudáveis para os pacientes, o pessoal e o meio ambiente
  • Possuem maior conteúdo de materiais reciclados e recicláveis
  • Contêm menos material de embalagem
  • Não contêm fragrâncias

Os estabelecimentos de saúde podem desenvolver suas iniciativas de compras de produtos com menor impacto ambiental (ecologicamente responsáveis) fixando objetivos específicos. Os responsáveis por compras ou suprimentos de materiais podem trabalhar com os fornecedores, sejam vendedores, distribuidores, fabricantes ou entidades de compras centralizadas de insumos hospitalares, solicitando produtos que sejam mais ecológicos e menos nocivos para as pessoas.

Veja na lista abaixo, outras idéias que podem ser empregadas em um sistema de compras que prioriza o meio ambiente.

  • Comprar produtos feitos com materiais reciclados ou que sejam recicláveis
  • Usar ambos os lados das folhas de papel
  • Comprar produtos favoreçam o uso eficiente da energia
  • Usar menos material de embalagem, priorizando embalagens reutilizáveis
  • Optar por produtos fonecidos a granel ou em embalagens com grandes quantidades
  • Eliminar os produtos que contenham látex
  • Comprar produtos alternativos àqueles que contêm retardantes de fogo
  • Comprar produtos alternativos àqueles que contêm mercúrio
  • Comprar produtos alternativos aos produtos de PVC que contenham ftalatos
  • Comprar alimentos com conteúdo reduzido de antibióticos
  • Reprocessar insumos sempre que possível
  • Escolher produtos reutilizáveis ou mais duráveis